sexta-feira, 7 de maio de 2010

ATÉ DISSO ELE É CULPADO...

Pinto da Costa: "Sócrates quase pôs o Benfica como clube do regime"

Isto nem merece mais nenhum comentário excepto um encolher os ombros e pensar: Coisa de velho jarreta...

Só é curioso que apareça esta entrevista no jornal "I" (um dos jornais mais horriveis do país, juntamente com o "Sol") na sexta feira que antecede o fim de semana decisivo para o campeonato nacional


À pergunta: O FCP é incómodo porque inverte a lógica centralista do país?


A resposta "tudo a ver"

Não me posso esquecer que no dia em que o FCP jogou com o Benfica a final da taça da cerveja (Taça da Liga ou Carlsberg Cup), o primeiro-ministro veio desejar publicamente a vitória do Benfica. Naturalmente que ele não tem nada contra o FCP, até porque ele nasceu no Porto, embora se diga que é de Castelo Branco. Ele tem bom relacionamento comigo, aliás, até tenho simpatia por ele. Agora, veio quase pôr o Benfica novamente no papel de clube do regime. Estou curioso para ver quantos ministros e secretários de Estado vão estar no Estádio da Luz no domingo.


Claro que, se em vez de ser do Benfica, Sócrates fosse do Porto, não havia problema. Claro que, se tivessem ganho a Taça da Liga, esta seria um troféu de prestigo.

Que eu saiba nenhum dirigente do Benfica é recebido com honra e circustancia na Assembleia da Republica pelos deputados e dirigentes do país mas isso agora não interessa nada...

Pronto, o Primeiro-Ministro além de não poder dizer que a Manuela Moura Guedes era (e é) péssima jornalista, não pode ter clube.


E gostar dos U2, pode? O homem por ser Primeiro-Ministro não pode ter gosto pessoal????

2 comentários:

pinguim disse...

Só faltava esta bosta para completar o cerco ao Sócrates. Porra!

Anónimo disse...

Tres intiresno, gracias