sexta-feira, 6 de novembro de 2009

CONVERSAS DE NOIVOS

Quando o despertador tocou às 6h30 e (brrrrr!!!) me virei para me levantar, vi que o lindo estava acordado.
- Acordado, lindo?
- Estava a pensar, tu aceitaste mesmo casar comigo, não foi?
- Foi sim, o que é que tens?
- Nada, estava a pensar que realmente sou um gajo de sorte
- Palerma!!!
- Sou mesmo, depois de tudo o que passámos no inicio do ano conseguimos acabar o ano em grande!
- Aquele telefonema do J. chateou-te não foi?
- Mais do que me ter chateado, custou-me que ele tivesse sido tão injusto contigo.
- Esquece que ele alguma vez entrou nas nossas vidas. Não vale a pena!

As pessoas conseguem ser tão más.

E como eu sei que lês esta xafarica, é mesmo contigo J., és das pessoas mais ordinárias e baixas que conheci e nunca mereceste a vida que tiveste durante tantos anos.

2 comentários:

Speedy disse...

mai nada. sê feliz Fernanda

pinguim disse...

Às vezes precisamos de soltar um grito... como a Liza Minneli no "Cabaret"...