segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

AO CONTRÁRIO DA MAIORIA

Não acho que a justiça nos Estados Unidos seja melhor do que a nossa, primeiro porque têm uma coisa horrível que se chama pena de morte, e por aqui ficávamos já conversados, não concordo com aquela teoria de olho por olho. Segundo porque a maioria dos presos a quem é aplicada esta pena de morte é baseada em razões raciais, ou seja é muito mais provável que em casos semelhantes, mas entre um condenado negro e um branco, seja o negro a ser condenado com a pena de morte. Terceira porque não me parece que a pena prepetua seja também uma coisa ideal, porque não temos de estar a pagar para que uma pessoa que cumpriu um crime passe o resto de vida na prisão, não, terá de cumprir uma pena e ser reablitada, de ter uma segunda oportunidade. Pode-se sempre dizer que à pessoa que assassinou também não foi dada uma segunda oportunidade, pois não, mas esta é a minha opinião. Terceiro não me parece que pouco tempo de investigação dê também bom resultado, ve-se a quantidade de casos em que as pessoas acusadas e condenadas, afinal estavam inocentes, com provas forjadas pela policia. Ainda não há muito tempo aconteceu isso, nos Estados Unidos e em Inglaterra com dois portugueses.
A nossa justiça é má? É, sim, mas tambem não me parece que a americana seja melhor.
Aliás como tudo o que passa lá, não me parece que seja a perfeição que muita gente quer fazer parecer.

1 comentário:

Ritchie disse...

Concordo plenamente com a comparação entre justiças... quanto mais não fosse só pelo que enumeras em p+rimeiro lugar em relação ao "olho por olho"... a américa tem muita coisinha que deixa muito a desejar!