sábado, 5 de setembro de 2009

A SELECÇÃO VAI JOGAR AGORA...

Eu sou da geração do Rui Costa, do Paulo Sousa, do João Vieira Pinto, do Jorge Costa, do Fernando Couto, do Victor Baía e do Figo. Esta selecção está cheia de grandes jogadores que jogam em grandes clubes da Europa (Ronaldo, Simão, Deco, Ricardo Carvalho, Bosingwa) mas esta não é a minha selecção. Não tem nada a ver com a qualidade dos jogadores mas acho que daqui a bocado somos uma equipa que é o refugo do que o Brasil não quer. Lembra-me a selecção italiana de futsal que não tem um unico italiano, só tem brasileiros. E depois o Carlos Queiroz é muito bom para formar miúdos e viu-se mas para lidar com homens...ainda não conseguiu unir a equipa, fazer uma equipa

Mas enfim...quero que ganhem e bem.

1 comentário:

pinguim disse...

Mais uma vez vai vir o argumento da falta de sorte, do árbitro que não marcou um penalti (não marcou dois, um para cada lado), enfim, o triste fado do futebol português.
Tivemos duas honrosas excepções e curiosamente com brasileiros, mas no banco: Scolari, que até pode não ser um grande técnico, mas é um grande formador de equipas, e sobretudo um saudoso Otto Glória, mas esse tinha matéria prima até dizer chega, fornecida principalmente pelo Benfica dos anos 60: Simões, Coluna, Torres, José Augusto e um puto que não tinha as peneiras de ser o "melhor do mundo", mas até era: o nunca igualado Eusébio!!!!
Beijinho.