domingo, 21 de março de 2010

AMAR-TE ASSIM, PERDIDAMENTE



Ser poeta é ser mais alto, é ser maior
Do que os homens! Morder como quem beija!
É ser mendigo e dar como quem seja
Rei do Reino de Áquem e de Além Dor!

E é amar-te, assim, perdidamente...
É seres alma, e sangue, e vida em mim
E dizê-lo cantando a toda a gente!

A música é linda e a letra..... diz tudo o que sinto neste momento

1 comentário:

Mauro Dymien disse...

Adoro esta música e sei-a de cor 8D Não fosse ela parte do reportório da minha tuna xD