domingo, 21 de março de 2010

QUE NUNCA SEJA CAPITÃO DA SELECÇÃO

Bruno Alves: a suprema humilhação

Mais do que as palavras, valem as imagens que o país inteiro acompanhou em directo. Ora por isso este desce é curto, serve apenas para assinalar a noite desequilibrada de Bruno Alves.

A humilhação suprema do campeão esteve naquele total descontrolo emocional. Mais do que na pesada derrota, aliás.

Percebeu-se nesse instante a incapacidade para contornar a superioridade adversária. O que sobrou foi penoso: perante um adversário que jogava à bola, cresciam patadas, cotoveladas e pontapés, embrulhadas em desespero.

Confrangedor, sem dúvida



Texto in MaisFutebol
21 de Março de 2010

4 comentários:

pinguim disse...

E está tudo dito...

Barbara disse...

Mesmo, que grande vergonha... os jogadores e adeptos do porto são das pessoas mais rascas e mal criadas, não aceitam uma derrota -.-

sónia disse...

Por isso ele é um tractor...
:s

Dylan disse...

Faltou dizer que o dito cujo transpira ódio por todos os poros. Que asco!